Riotur promete rigor no carnaval de 2019 e quer retirar mega blocos

0
0

A proposta é retirar mega blocos, pois exigem mega estruturas de segurança e limpeza

Prefeitura do Rio de Janeiro será mais rigorosa com o Carnaval de 2019, segundo o presidente da Riotur, Marcelo Alves. Neste ano, 473 blocos foram autorizados a desfilar nas diversas regiões da cidade e a estimativa é de 6 milhões que foliões tenham tomado as ruas.

No entanto, a festa também causou uma situação caótica na cidade. “Chegamos ao limite. Limite de desfiles, limite de estrutura, limite de realmente avaliações. Então, a palavra do próximo ano é rigor”, afirmou Alves.

A reportagem do G1 explica que a prefeitura vai propor retirar das ruas no carnaval do próximo ano os blocos que concentram multidões de foliões. O Bloco da Favorita, em Copacabana, ou do Fervo da Lud são alguns dos exemplos que levaram milhares de foliões pelo Centro.

“Eu acho que, realmente, nós precisamos colocar todos numa mesa. Não só moradores, mas todos os órgãos públicos, ouvi-los, técnicos, e tomar decisões muito rigorosas. Chegamos ao limite de megablocos em certos locais. Vamos definir um ou dois locais que não atinja moradores, para que realmente esses megablocos tenham estrutura”, declarou o presidente da Riotur.

Alves destaca que “mega blocos são mega shows, e mega shows têm que ter mega estrutura de segurança, de limpeza, de educação, de consiência, de controle. É isso que a gente vai fazer para o próximo ano”.

LEAVE YOUR COMMENT

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *