Home Cidade e Cotidiano Emanuel convoca população para primeira mobilização de combate ao Aedes Aegypti

Emanuel convoca população para primeira mobilização de combate ao Aedes Aegypti

0
0

Ações irão se concentrar na Regional Sul, onde foram registrados os maiores índices de infestação.

MARIA BARBANT

No próximo sábado, dia 11, acontece a primeira grande mobilização de 2017 de combate ao mosquito Aedes aegypti. A ação será realizada em bairros da Regional Sul da capital, onde os índices de infestação predial (IIP), estão em situação de altíssimo risco. A ação de combate ao vetor da dengue, da doença do zika vírus e da febre do chicungunya estão sendo coordenadas pelo Comitê de Ação Preventiva. Nesta segunda-feira (6), representantes das Secretarias de Saúde, Serviços Urbanos, Ordem Pública, Procuradoria Geral do Município, de Governo, Educação e Comunicação estiveram reunidos, no Salão Nobre da Prefeitura de Cuiabá para fechar os últimos detalhes da mobilização.

A ação reunirá 280 Agentes de Combate as Endemias (ACE), 200 homens da Secretaria de Serviço Urbanos além de técnicos das secretarias envolvidas. Os ACE estarão vistoriando e tratando cerca de 5 mil imóveis nos bairros Osmar Cabral, São João del Rey, Jardim Fortaleza e Liberdade, e também orientando uma população de aproximadamente 20 mil moradores.

Siga o Portal LeNews no Facebook

“A ideia é que possamos conscientizar a população por meio de ações que causem impacto, como o recolhimento do lixo intradomiciliar, o chamado lixo da dengue, e ações de educação em saúde”, explicou a diretora do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ).

A intensificação das ações, coordenadas pelo Comitê, foram definidas após os resultados do Levantamento de Índice Rápido (LIRA). O Índice de Infestação Predial (IIP) no ultimo mês de janeiro foi de 6,6%, bem abaixo dos 11,3% registrados no mesmo período do ano passado, mas não menos preocupante.   Na pesquisa, 38% dos bairros (estratos) de Cuiabá estão em situação de altíssimo risco.

É fundamental que a população esteja consciente e envolvida no trabalho, disse a Diretora. Segundo ela, nessa época do ano, o acúmulo de água agrava a situação e as ações não podem ser pontuais, mas sim de rotina. Para ela as vistorias nos domicílios e comércios precisam ser realizadas durante todo o ano e devem ser combinadas com trabalho de educação e em parceria com as demais secretarias.

Mobilizações semelhantes serão realizadas nos bairros que apresentaram os maiores IIP, revelados pelo primeiro LIRA do ano, realizado no período de 02 a 06 de janeiro, onde foi registrado  6,6.

A ação reunirá a Secretaria de Ordem Pública que estará informando a lista dos imoveis com problemas, abandonados e terrenos baldios; a Secretaria de Serviços Urbanos, que irá recolher o lixo, Secretarias de Governo e Comunicação com a mobilização das lideranças dos bairros; Secretaria de Educação, orientando as crianças nas escolas e creches municipais.

Concentração para o inicio dos trabalhos será em frente à Base Comunitária do bairro São João del Rey, às 07:30.

Comitê

O Comitê de Ação Preventiva foi instituído oficialmente pelo Decreto nº 6.207, de 02 de janeiro. Diante da situação de alto risco, o prefeito Emanuel Pinheiro determinou, que ações de combate aos criadouros do Aedes aegypti tenham caráter permanente e se tornem uma política de governo.

O Comitê orienta as ações conjuntas entre as Secretarias Municipais de Governo, Comunicação, Obras Públicas, Serviços Urbanos, Ordem Pública, Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano, Procuradoria Geral, de Assistência Social e Educação. 

Fonte:

Deixe uma resposta