Home Cidade e Cotidiano Operação irá tapar mais 44 mil buracos em toda Cuiabá

Operação irá tapar mais 44 mil buracos em toda Cuiabá

0
0
BRUNO VICENTE

Em ato realizado na manhã desta sexta-feira (27), no bairro Jardim Aroeiras, o prefeito Emanuel Pinheiro, e o Secretário Municipal de Obras Públicas, Vardenlúcio Rodrigues, deram inicio a ação de infraestrutura que deverá corrigir mais de 44 mil buracos na Capital, por meio da “Operação Tapa-buracos”.

Conforme Vanderlúcio, os serviços de reestruturação asfáltica foram planejados cuidadosamente para solucionar, de maneira eficiente, uma das maiores dificuldades enfrentadas por quem trafega pelas ruas de Cuiabá. E irá, em primeiro momento, beneficiar 198 bairros, identificados como “estado  crítico”.  

No ato, o secretário ainda pontuou que as esquipes foram divididas em quatro grupos fixos, e atuarão nas regiões Norte, Sul, Leste e Oeste. Além disso, outros dois rotativos, prestarão apoio às localidades que apresentarem maiores demandas.

Destacou também, que apesar de ser uma operação emergencial, a Pasta estuará de forma branda na fiscalização das obras e, somente às aceitarão com a comprovação e controle de qualidade.

“As orientações que estamos passando para toda equipe de engenharia, é que exijam das empresas qualidade. E, caso haja alguma divergência técnica, que sejam notificadas imediatamente”, frisou Vanderlúcio.

Para Emanuel, os buracos que comprometem a malha viária, além de causar insegurança aos condutores, geram prejuízos patrimoniais aos cidadãos que, em muitos casos, têm as peças de seus veículos quebradas.

“Em Cuiabá proliferam-se muitos buracos e, caso não seja dado uma condição mínima de trafegabilidade, o buraco que hoje é pequeno, amanhã se torna uma cratera e compromete toda a malha viária. Vamos trabalhar muito para vencer esse desfio, afinal, fomos eleitos para isso”, finalizou. 

Levantamento

A “Tapa Buracos”, foi pensada por meio de um levantamento da Secretária de Obras, que identificou que todas as regiões da cidade sofrem com esse problema. Dentre os números apontados pelo estudo, a Região Norte possui 10.364 buracos, a Sul 15.866, a Leste 11.148 e Oeste 6.970. A secretária ainda informa que após a ação emergencial, equipes darão início aos trabalhos nos locais menos críticos e, a após isso, farão rondas de manutenção paliativas.

Para confirar o acervo de imagens da Prefeitura, clique aqui.

Fonte: 

Deixe uma resposta