Home Cidade e Cotidiano Prefeito recebe embaixador da Suíça e discute investimentos para Cuiabá

Prefeito recebe embaixador da Suíça e discute investimentos para Cuiabá

0
0
por ANDRESSA SALES – Prefeitura de Cuiabá

Pensando em estreitar laços com outros países e expandir o potencial econômico de Cuiabá, o prefeito Emanuel Pinheiro recebeu nesta quarta-feira (06) em seu gabinete o embaixador da Suíça, André Regli, junto com uma comitiva, para discutir a possibilidade de futuros investimentos na Capital  mato-grossense.

O chefe do Executivo apresentou uma breve trajetória histórica de Cuiabá, destacando os pontos turísticos, a religiosidade, os líderes cuiabanos, a influência do agronegócio, entre outros aspectos, e ainda citou os desafios que a cidade tem enfrentado.

Siga o Portal LeNews no Facebook

“É uma honra recebê-los aqui, principalmente pela visão da embaixada do governo suíço de descentralizar o perfil de desenvolvimento econômico. Eu costumo dizer que Cuiabá é a melhor Capital do Brasil. O nosso maior desafio para essa gestão será daqui a dois anos, quando iremos completar 300 anos de história. Estamos preparando a cidade para uma série de programas, projetos, ações e festividades, pois temos um perfil de identidade cultural muito forte e pouco explorado, um exemplo disso é o turismo. Precisamos unir forças com governo e setores da sociedade organizada,” enfatizou.

A situação da saúde, a infraestrutura, o transporte-público e a independência para a economia foram citadas como outros desafios e em contrapartida a aproximação com o agronegócio .

“O agronegócio é a grande chave para abrirmos essa porta, temos que inserir o agronegócio na Capital, seja atraindo investimentos ou trazendo novas empresas. Sabemos que temos desafios com a logística, até mesmo para atrair a indústria, gerando assim emprego e renda. Quase 35% da população do Estado está aqui entre Cuiabá e Várzea Grande e a porta de entrada à região norte do país. Estamos levantando essas questões com a sociedade para buscarmos esses novos contatos”, explicou Pinheiro.

Cuiabá tem um orçamento de R$ 2,3 bilhões por ano e apenas 8% são para investimentos. Por isso, o prefeito busca na iniciativa privada novas parceiras para avançar.

O embaixador destacou a grande influência do agronegócio para outros países, mas questiona a falta de visibilidade de um setor de tamanha importância no cenário nacional.

“Ficamos muito concentrado em São Paulo e Rio de Janeiro quando se trata de Brasil, mas sabemos que existe outros grandes centros, como Mato Grosso e a capital Cuiabá que têm muito a ser explorado. Existem empresas na Suíça que tem grande interesse em investir aqui”, sinalizou o embaixador.

Sem perder o foco com o futuro, o prefeito Emanuel propôs um novo encontro para apresentação de projetos e novos atrativos para a população.

Deixe uma resposta