Home Ciência e Tecnologia Tempestades: celular carregando pode dar choque

Tempestades: celular carregando pode dar choque

0
0

Saiba como evitar acidentes nestes casos

Em fevereiro, dois jovem morreram após receberam descargas elétricas enquanto usavam o celular ligado à tomada. No momento do choque, em ambos os casos, estava chovendo. De acordo com o G1, em um outro caso, um carregador mal conservado provocou o choque elétrico que matou a dona do aparelho.

Os acontecimentos são vistos como fatalidade pelo técnico Wissam Atie, especializado em assistência técnica de iPhone. Para ele, os casos poderiam ter acontecido durante o uso de outros equipamentos ligados à corrente elétrica. “Esses casos podem acontecer porque as pessoas usam cabos desgastados e desencapados. Poderia acontecer com qualquer outro aparelho mal conservado, até um liquidificador”.

O especialista afirma que a probabilidade dessas descargas elétricas terem relação com o carregamento dos aparelhos e não à tempestade é remota, mas diz que é preciso atenção ao estado de conservação das baterias, para evitar explosões. “Se ela estiver inchada, com dano aparente ou exposta, o ideal é trocar”, diz Wissam.

Atender o celular enquanto estiver carregando é perigoso?

Renato Santos, professor de eletrotécnica, avisa que o ideal é tirar o aparelho do carregador para receber uma chamada. “Ao atender o telefone, lembre de desconectar do plug. Se precisar carregar, conecte novamente, mas é sempre importante desconectar ao usar”.

Precauções

Alguns cuidados devem ser adotados durante tempestades com incidência de raios. Confira:

  • Casas ou prédios de alvenaria devem ser utilizados como abrigo;
  • Manter distância de portas e janelas com grade, pois são condutores de eletricidade;Não usar celular ou segurar aparelhos eletrônicos ligados à tomada;
  • Permanecer dentro de automóveis, caso a pessoa esteja na estrada;
  • Em casos de espaços abertos é recomendável procurar refúgio sempre que o tempo ficar encoberto e não somente quando a chuva cair.

LEAVE YOUR COMMENT

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *