Home Cidade e Cotidiano 4ª Ação Assembleia Social mesclou prestação de serviços e capacitação
4ª Ação Assembleia Social mesclou prestação de serviços e capacitação

4ª Ação Assembleia Social mesclou prestação de serviços e capacitação

0
0

Iniciativa atendeu a comunidade do Parque Nova Esperança II, periferia de Cuiabá, em ambiente arejado, com vistas às medidas de biossegurança.

PRISCILA MENDES / Assembleia Social

Debaixo de mangueiras, em uma manhã de sábado (14) , a comunidade do Parque Nova Esperança II recebeu a 4ª edição da Ação Assembleia Social, com a oferta de atendimento médico e orientações jurídicas, do curso de Pintura em Tecido e da oficina de Tranças e Penteados, a interessados previamente cadastrados.

A Ação é um projeto do braço social da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, que foca na prestação de serviços comunitários por agendamento e atendendo aos protocolos de biossegurança, como forma de suprir, parcialmente, as demandas dos tradicionais mutirões.

O projeto busca atender comunidades periféricas da Grande Cuiabá, bem como a população de municípios do interior de Mato Grosso, com o objetivo de aproximar a atuação da ALMT dos cidadãos. “Nós promovemos esta ação com muito carinho, pois é uma forma de acolher a comunidade neste momento tão delicado, oferecer uma atividade e ainda garantir segurança. E estamos dispostos a alcançar o maior número de bairros periféricos, associações e municípios, porque são nestes lugares que queremos estar!”, resumiu a diretora da Assembleia Social, Daniella Paula Oliveira.

Os cursos e oficinas oferecidos pela AL Social têm o objetivo de oferecer uma atividade artesanal que permita complementação de renda para as famílias, mais independência financeira para as mulheres, além de ocupar a mente, na perspectiva da arteterapia.

Os atendimentos, por sua vez, são oferecidos por parceiros da Assembleia Social e buscam minimizar a alta demanda de serviços nas comunidades.

A 4ª edição é resultado da solicitação da Associação de Moradores do Parque Nova Esperança II, por meio da tesoureira Katiane Souza. “Eu amei o evento! As pessoas que participaram ficaram muito felizes, porque foi muito gratificante. As mulheres adoraram o curso de Pintura. Minha filha aprendeu muito bem a fazer tranças, faz uma mais bonita que a outra!”, comentou entusiasmada a anfitriã.

O evento foi realizado em uma chácara nas redondezas, para permitir maior circulação de ar e mais segurança para os participantes. Também contribuiu com a organização o presidente da associação, Wanderson Rodrigues.

Deixe uma resposta