Home Destaques ALMT discute redução da carga horária de servidores responsáveis por dependentes com deficiência
ALMT discute redução da carga horária de servidores responsáveis por dependentes com deficiência

ALMT discute redução da carga horária de servidores responsáveis por dependentes com deficiência

0
0

Na pauta da semana constam ainda a realização de sessão plenária, audiências públicas e sessão especial, bem como reuniões de comissões permanentes e CSTs.

Por – RENATA NEVES / Secretaria de Comunicação Social

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso discute, na próxima semana, o Projeto de Lei Complementar n° 11/2022  que institui no âmbito da administração pública direta e Indireta o programa de redução de carga horária de trabalho dos servidores públicos efetivos que são responsáveis legais por dependentes com deficiência. A proposta é de autoria do Poder Executivo (Mensagem nº 31/2022) e estabelece a redução de até 25% da carga horária de servidores que se enquadram no critério, sem prejuízo da remuneração.

A discussão sobre o conteúdo do projeto acontecerá na quinta-feira (24), às 9h, e contará com a participação do secretário de Estado Planejamento e Gestão, Basílio Bezerra Guimarães dos Santos. A convocação do gestor foi feita pelo deputado estadual Lúdio Cabral (PT), autor de emenda que propõe que a redução da carga horária seja de até 50%.

Na programação consta ainda a realização de audiências públicas, reuniões de comissões permanentes da Casa e câmaras setoriais temáticas, sessão plenária e sessão especial em homenagem às primeiras-damas municipais e as gestoras da assistência social.

Confira a agenda da semana:

Segunda-feira (21)

Às 9 horas, a Assembleia Legislativa realiza audiência pública para discutir “Saúde e a pandemia da covid-19” na sala 202, Deputada Sarita Baracat. A solicitação para realização da audiência foi apresentada pelo deputado Valdir Barranco (PT)

Em outra audiência pública, às 14 horas, o tema em discussão será “A Formação do Índice do Leite Cru”. O evento foi requerido pelo deputado Gilberto Cattani (PSL) e ocorre na sala 202.

No mesmo horário, na sala 201, Deputado Oscar Soares, acontece a reunião da Câmara Setorial Temática (CST) dos Agentes de Saúde e Endemias.

A Câmara Setorial Temática (CST) da Juventude se reune às 16h, na sala 201.

Terça-feira, (22)

Às 8 horas, a Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR),  se reunirá na sala 202.

Na sequência, às 10h, na sala 202, a Comissão de Infraestrutura Urbana discutirá as proposições em pauta.

Às 14 horas, acontecerão reuniões ordinárias das comissões de Indústria, Comércio e Turismo e de Segurança Pública e Comunitária, nas salas 201 e 202, respectivamente.

Quarta-feira, (23)

A sessão ordinária está prevista para começar às 9 horas, no Plenário das Deliberações Deputado Renê Barbour.

Às 15 horas, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Energisa se reunirá para dar prosseguimento aos trabalhos, na sala 202.

Quinta-feira, (24)

Às 9 horas, na sala 202, será realizada audiência pública para debater e prestar esclarecimentos sobre a campanha “Março Azul Marinho”, de prevenção do câncer colorretal. A audiência foi requerida pelo deputado Dr. João (MDB).

No mesmo horário, no Plenário das Deliberações, o secretário de Estado Planejamento e Gestão, Basílio Bezerra Guimarães dos Santos, participará de discussão acerca do Projeto de Lei Complementar n°11/2022, que prevê a redução de até 25% da carga horária de trabalho de servidores públicos efetivos que são responsáveis legais por dependentes com deficiência.

Às 14h, ocorrerá na sala 202 uma audiência pública para discutir o “Profuncionário”, programa que visa a formação dos funcionários de escolas públicas da educação básica, em efetivo exercício, em curso compatível com as atividades desempenhadas no dia a dia do profissional.

Sexta-feira, 25/03

Na sexta-feira, às 9 horas, a Assembleia Legislativa promoverá sessão especial em homenagem às primeiras-damas municipais e as gestoras da assistência social. A solenidade acontecerá no auditório da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM) e foi requerida pelo deputado Sebastião Rezende (PSC).

Vale lembrar que a agenda das atividades pode ser alterada a pedido dos deputados ou da Mesa Diretora no decorrer da semana.

 

Deixe uma resposta