Home Agronegócio Atraso na entrega de glifosato e fertilizantes preocupa agro
Atraso na entrega de glifosato e fertilizantes preocupa agro

Atraso na entrega de glifosato e fertilizantes preocupa agro

0
0

Aprosoja BR relata problemas no recebimento de defensivos e fertilizantes; glifosato é o químico mais usado em lavouras do Brasil e falta pode prejudicar safra

Por Kelen Severo/Jovem Pan

A Associação Brasileira dos Produtores de Soja afirma que produtores rurais estão relatando atrasos na entrega de insumos para o plantio da safra atual. Na Jovem Pan adiantamos que isso estava acontecendo ainda na época do pré-plantio. Agora, com o desenvolvimento das lavouras, as preocupações com a distribuição estão mais evidentes. Há cancelamentos de contratos e de pedidos de compra de fertilizantes e defensivos, entre eles o glifosato, o herbicida mais usado no Brasil. A não entrega do químico é um risco, pela urgência dos agricultores de fazer a aplicação no momento atual, considerando as técnicas de manejo recomendadas para as culturas neste momento.

Congestionamentos em portos, rupturas nas cadeias de distribuição, crise energética em diferentes regiões do mundo e questões geopolíticas contribuem para formar o cenário problemático nas cadeias de abastecimento no pós-pandemia. ChinaÍndia e Estados Unidos são os principais fornecedores de defensivos para o Brasil. Do país asiático vem quase 100% do glifosato consumido nas lavouras brasileiras. Há produtores que já estão com o produto garantido, há outros que receberam só uma parcela e há os que não conseguiram o produto no mercado. O produtor rural Antonio Galvan, presidente da Aprosoja Brasil, está preocupado com o cenário. “O pessoal está entregando devagar os insumos, mas o plantio começou mais cedo praticamente em todo o Brasil. O pessoal precisa disso, principalmente o glifosato, e o fertilizante, que tem bastante atraso praticamente em todos os Estados. Agora, é bastante grave pelo que a gente ouve de relato dos produtores”, conta.

Deixe uma resposta