Home Brasil Capes anuncia 1.800 novas bolsas de pós-graduação

Capes anuncia 1.800 novas bolsas de pós-graduação

Capes anuncia 1.800 novas bolsas de pós-graduação
0
0

R$ 200 milhões serão investidos em cursos de mestrado e doutorado em áreas estratégicas para os estados.

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) anunciou, nesta terça-feira (26), 1.800 novas bolsas de mestrado e doutorado, a partir de março de 2020, para o desenvolvimento regional de acordo com as necessidades de cada estado. O investimento será de R$ 200 milhões nos próximos quatro anos.

“Cada região tem suas prioridades, como Minas Gerais tem o agronegócio. A Amazônia tem a biodiversidade, meio ambiente, defesa nacional. Então, cada região vai definir os seus tópicos prioritários”, explicou o presidente da Capes, Anderson Correia.

Após os estados priorizarem suas áreas, serão apontados pela Capes os programas de pós-graduação que serão atendidos com notas 3 ou 4. Entre as áreas estratégicas, estão, por exemplo, energia, mobilidade urbana, saúde, meio ambiente e gestão.

“Nessas áreas estratégicas, é possível identificar quais programas de pós-graduação estão alcançando maiores resultados na transferência de conhecimento, na geração de patentes e de trabalhos conjuntos”, afirmou o presidente da Capes.

Durante a cerimônia de anúncio das novas bolsas, foi assinado protocolo de intenções com o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), que representa 26 fundações de amparo à pesquisa, e que fará o diálogo com reitores, fundações e órgãos estaduais. O objetivo é promover uma mais delhor articulação dos interesses das agências estadue fomento à pesquisa científica, tecnológica e de inovação no Brasil.

Para o presidente do Confap, a atualização de cursos e programas também é uma meta. “As ciências agrárias, por exemplo, têm hoje uma necessidade muito grande de profissionais pós-graduados ligados a tecnologias digitais e mudanças climáticas (…). Os sistemas de produção estão mudando completamente e isso exige uma conexão com outros programas”, disse Evaldo Ferreira Vilela.

A expectativa é de que as fundações estaduais contribuam com recursos de contrapartida, que podem variar de 20% a 50% por meio de custeio, capital ou bolsas.

Investimentos em 2019

Em 2019, mais de R$ 1.5 bilhão foi investido em mestrados, doutorados e pós-doutorados, beneficiando 95.424 bolsistas. Pelo Programa de apoio a Eventos no País (PAEP), 885 eventos científicos e tecnológicos foram apoiados pela Capes.

De janeiro a setembro de 2019, foram registrados 131 milhões de acessos ao conteúdo do Portal de Periódicos, que oferece um acervo com mais de 49 mil títulos, 130 bases de dados de referências e outras 12 de patentes, apoiando os estudantes de nível superior.

No âmbito internacional são mais de quatro mil bolsistas beneficiados. Mais de R$ 340 milhões foram aplicados em pesquisas desenvolvidas no exterior, pagamento de bolsas, auxílios, taxas e passagens, contribuindo para o fortalecimento das redes de pesquisa.

Ao todo, 16 editais foram lançados em parceria com instituições internacionais. Ao longo do ano, a Capes consolidou novos acordos com a Alemanha, Estados Unidos e China.

(gov.br)

LEAVE YOUR COMMENT

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *