Home Destaques Emanuel agradece os 135.871 votos e diz que foi humilhado na campanha

Emanuel agradece os 135.871 votos e diz que foi humilhado na campanha

Emanuel agradece os 135.871 votos e diz que foi humilhado na campanha
0
0

“Foi uma injustiça o que fizeram comigo. Eu não sou ladrão, não sou corrupto. Eu fui humilhado todo esse tempo”, disse

Por KAMILA ARRUDA

Na porta de sua casa, no Jardim das Américas, o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), agradeceu aos 135.871 eleitores que votaram nele no segundo turno da eleição municipal.

Aproveitou a oportunidade para dizer que foi humilhado nessa eleição: “foi uma injustiça o que fizeram comigo. Eu não sou ladrão, não sou corrupto. Eu fui humilhado todo esse tempo, porque o processo corre em segredo de Justiça. Eu moro há 25 anos nessa casa onde os meus filhos nasceram. E sou tachado por causa de uma imagem em que fui usado. Fui o homem errado na hora errada”.

“Estou emocionado. Não existem palavras para explanar a minha emoção de ser o prefeito reeleito da terra em que eu nasci, quebrando mais um paradigma depois de chegar empatado em segundo lugar, ser atacado por todos os candidatos, inclusive no primeiro turno pelo próprio Governo do Estado”, disse, ao lado da esposa Márcia e do filho deputado federal Emanuelzinho, candidato derrotado a prefeitura de Várzea Grande.

“Eles tentaram destruir uma semente plantada em Cuiabá, de amor, de uma gestão voltada para o futuro, de uma gestão que administra para todo, sem discriminar ninguém, mas priorizando os mais carentes, mais humildes. Cuiabá, vou trabalhar muito mais por você”, acrescentou.

“A verdade venceu a mentira, venceu a fake news. Não tem espaço para aventureiros, oportunistas. Não cabe você trocar o certo pelo duvidoso, de quem nunca administrou um gabinete parlamentar. Não deu conta de administrar um gabinete parlamentar, não iria dar conta de administrar a mais emergente das capitais brasileiras”, completou.

(diariodecuiaba)

Deixe uma resposta