Home Cidade e Cotidiano Pessoas que faltarem a vacinação terão cadastro excluído em dois dias e irão para o fim da fila
Pessoas que faltarem a vacinação terão cadastro excluído em dois dias e irão para o fim da fila

Pessoas que faltarem a vacinação terão cadastro excluído em dois dias e irão para o fim da fila

0
0

Wesley Santiago

O grande número de de faltosos na data agendada para tomar a vacina contra a covid-19 obrigou a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) fazer uma mudança no sistema do site vacina.cuiaba.mt.gov.br e os agendamentos serão válidos durante dois dias. Caso a pessoa não compareça nesse prazo, seu agendamento será excluído e o respectivo cadastro irá para o final da fila virtual.

Desde o final do mês de maio, a SMS já disponibiliza aos usuários do site da campanha ‘Vacina Cuiabá – sua vida em primeiro lugar” o serviço de alerta de agendamento, com o envio de mensagem no e-mail e/ou número de WhatsApp cadastrado no site. Na própria mensagem, existe um link para que a pessoa informe com antecedência que não poderá comparecer no dia agendado.

A coordenador de Tecnologia da Informação da SMS, Gilmar Cardoso, explica que essa programação é importante para que os polos de vacinação funcionem da forma mais organizada possível, sem aglomerações. “Diariamente, nós agendamos um número x de pessoas para cada horário de funcionamento de cada posto de vacinação, um número de pessoas que as equipes conseguem atender de forma célere e sem tumultos. Se um número significativo de pessoas falta e vai em outro dia para o qual não estavam agendadas, elas estão contribuindo para que haja formação de filas e demora na espera”, diz.

A baixa procura das pessoas já tem sido observada pela coordenação da campanha de imunização há algumas semanas. Cuiabá tem capacidade de aplicar mais de 5 mil doses de vacina contra a covid-19 por dia nos cinco polos em funcionamento atualmente – Centro de Eventos do Pantanal, SESC Balneário, Assembleia Legislativa, SENAI da Avenida XV de Novembro e SESI Papa (drive-thru).

No entanto, aos sábados e feriados, o máximo de doses aplicadas não tem chegado a 1 mil somando todos os postos. Isso levou a coordenação a adotar o rodízio no funcionamento dos polos de vacinação aos sábados e feriados.

 

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Deixe uma resposta