Home Cidade e Cotidiano Processo licitatória para construção da Avenida Contorno Leste entra na reta final
Processo licitatória para construção da Avenida Contorno Leste entra na reta final

Processo licitatória para construção da Avenida Contorno Leste entra na reta final

0
0

A previsão é de que nas próximas semanas o resultado seja homologado e o contrato assinado.

BRUNO VICENTE

O processo licitatório para a contratação da empresa que executará a construção da Avenida Contorno Leste entrou na fase final de julgamento dos últimos recursos. A previsão é de que nas próximas semanas o resultado seja homologado e o contrato assinado. Dessa forma, a Prefeitura de Cuiabá deve iniciar em breve mais uma importante obra de infraestrutura na Capital.

A concorrência pública está dividida em dois lotes, sendo que para o primeiro, que compreende o trecho situado entre a Avenida Fernando Corrêa da Costa e o Rio Coxipó, 15 empresas foram validadas. Para o Lote 2, que abrange o percurso do Rio Coxipó até a Rodovia Emanuel Pinheiro (MT-251), foram 11 propostas habilitadas.

“Estamos prestes a concluir o certame dos dois lotes e também uma segunda licitação que é para a edificação de duas pontes sobre o Rio Coxipó. Esperamos que nas próximas semanas possamos dar início nesta obra que vai beneficiar cerca de 200 mil habitantes de mais de 40 bairros”, comenta o prefeito Emanuel Pinheiro.

O PROJETO

Idealizada para ser a maior obra de infraestrutura dos últimos 50 anos, a Avenida Contorno Leste contará, ao longo de sua extensão, com todos os componentes de uma grande estrutura de mobilidade urbana. Conforme o projeto, a via terá 17,3 quilômetros de pista dupla, cada uma delas constituídas por duas faixas de rolamento, de 3,60 metros, e acostamento.

A avenida possuirá também ciclovia em todo o seu prolongamento, calçada e canteiro central. Além disso, em pontos estratégicos, serão construídas ao menos 13 rotatórias e duas pontes sobre o Rio Coxipó. Na construção, será investido R$ 125 milhões, oriundos de uma operação de crédito formalizada com a Caixa Econômica Federal (CEF).

A obra será composta pelas etapas de terraplanagem, drenagem, pavimentação, sinalização e obras complementares. Na fase de terraplanagem estão previstos os serviços de escavação e compactação do solo. Para a parte de drenagem será construído todo o sistema de escoamento de águas pluviais como bueiros, dreno, meio-fio e sarjeta.

A partir disso, entra na reta final com a construção da pavimentação, na qual serão feitos os trabalhos de subleito, sub-base e base, e a cobertura da via com a massa asfáltica. Na sequência, será executada a sinalização viária horizontal e vertical. Por fim, a avenida será concluída com a instalação da iluminação e plantio de grama no canteiro central.

LEAVE YOUR COMMENT

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *