Home Destaques Sejudh expõe projetos e leva informações sobre direitos humanos à população

Sejudh expõe projetos e leva informações sobre direitos humanos à população

0
0

Raquel Teixeira | Sejudh-MT 

Em mais uma edição da Caravana da Transformação, desta vez no município de Tangará da Serra, a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos leva serviços à população e apresenta os projetos de ressocialização do Sistema Penitenciário. Os serviços de cidadania da Carvana começaram nesta quinta-feira (19.10) e seguem até o sábado, no Módulo Esportivo da cidade.

O secretário de Justiça e Direitos Humanos, Fausto Freitas, pontua que a secretaria tem promovido esforços para levar serviços e informações dentro das áreas específicas no rol de atividades do órgão. “Muitas vezes a população desconhece uma prestação de serviços por estar longe dela, e a Caravana proporciona esse contato mais próximo, de levar uma informação, esclarecer direitos e deveres de perto”.

Dentre os serviços ofertados pelo Procon estadual na Caravana estão orientações sobre os direitos e deveres dos consumidores, distribuição de materiais informativos e educativos e auxílio à população para registro de reclamações na plataforma on-line http://www.consumidor.gov.br. O Procon trabalhará, também, com a educação para o consumo, desenvolvendo atividades lúdicas e educativas com crianças e jovens que participam do evento.

Será realizada palestra com o tema ‘Direito do consumidor na atividade empresarial’, no espaço da Caravana, para fornecedores de produtos e serviços. O objetivo é levar conhecimento sobre normas, direitos e deveres dos fornecedores e dos consumidores, bem como esclarecer as principais dúvidas do setor.

A Superintendência de Políticas sobre Drogas (SUPOD) promoverá palestras com educadores do município com a temática “Políticas sobre Drogas: Diálogo com a Educação” e fará distribuição de material informativo sobre prevenção ao uso de álcool e outras drogas.

Já a Superintendência de Políticas para Mulheres (SEPM) reforçará a campanha de voluntários para o Exército Maria da Penha, com orientações sobre combate à violência contra a mulher e divulgará uma ferramenta disponível para levar estas informações a localidades distantes – o Ônibus Lilás. Também será distribuido material informativo sobre as políticas para mulheres.

A Superintendência de Politicas de Igualdade Racial (SUPIR) já iniciou as atividades, promovendo palestras sobre políticas de igualdade racial, violações de direitos humanos e prevenção a violência doméstica nas escolas do município.

Também no estande da Sejudh, a equipe de Direitos Humanos divulgará as atividades do Centro de Referência em Direitos Humanos, panfletagem educativa sobre direitos humanos e combate à violência doméstica e informações sobre o Disque 100.

O Sistema Penitenciário de Mato Grosso apresentará nesta edição os projetos de ressocialização desenvolvidos e os produtos de marcenaria e artesanatos confeccionados por reeducandos das unidades prisionais de Rondonópolis, Jaciara, Cuiabá, Nortelândia, Arenápolis, Tangará da Serra e Juína.

A pedagoga Creuza Ribeiro, da Penitenciária Major Eldo de Sá Corrêa, em Rondonópolis, afirma que a intenção é mostrar como é o processo de ressocialização, que tem contribuído para dar uma nova oportunidade a centenas de reeducandos. “Participar da Caravana nos permite mostrar à população as ações positivas do sistema penitenciário”, destaca ela, que nas últimas edições da Caravana tem levado as telas pintadas por reeducandos dentro do projeto Pinceladas de Alegria.

Caravana 

A 10ª edição da Caravana da Transformação prossegue até o dia 27 de outubro, em Tangará da Serra, com a realização de cirurgias oftalmológicas agendadas. Além de Tangará da Serra, a caravana vai atender moradores de Alto Paraguai, Arenápolis, Barra dos Bugres, Campos de Júlio, Campo Novo dos Parecis, Denise, Diamantino, Nortelândia, Nova Marilândia, Nova Olímpia, Porto Estrela, Santo Afonso, Sapezal e a etnia indígena Enawenê-nawê, do município de Brasnorte.

Deixe uma resposta