Home Destaques VG receberá 100 milhões para obras de infraestrutura

VG receberá 100 milhões para obras de infraestrutura

0
0

Presidente da ALMT, Eduardo Botelho, participou de solenidade de assinatura de liberação de um empréstimo para viabilizar as obras.

ITIMARA FIGUEIREDO / Gabinete do deputado Eduardo Botelho

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (DEM) destacou a importância de novas ações que resultem em investimentos para Várzea Grande durante a assinatura da liberação de um empréstimo para o município no valor de R$ 80 milhões, que serão investidos em asfalto nos bairros várzea-grandenses.

“É muito importante. Várzea Grande precisa de muito mais investimentos. Esse empréstimo vai ajudar muito e esperamos conseguir do governo o apoio necessário para fazer mais asfalto na cidade”, destacou o presidente Botelho, durante solenidade realizada no Paço Couto Magalhães, sede do Executivo municipal, que contou com as presenças de representantes da Caixa Econômica Federal, autoridades e secretários municipais, vereadores e líderes comunitários.

Para fomentar os investimentos, a Prefeitura Municipal de Várzea Grande disponibilizará a contrapartida de R$ 20 milhões de recursos próprios, totalizando R$ 100 milhões em obras. Expectativas são de que até 2020 o município consolide R$ 200 milhões em investimentos, por meio de novos empréstimos e emendas parlamentares, melhorando de forma significativa a infraestrutura, com mais asfalto, drenagem, galerias de águas pluviais, meio fio e sarjetas.

A prefeita Lucimar Campos (DEM) disse que o município está organizado. “Hoje estamos preparados para asfaltar 48 bairros do nosso município. Estamos em um momento administrativo importante, de execução de obras, para dar mais qualidade de vida a nossa gente”, comemorou. Ela assinou também ordens de serviços autorizando abertura de licitação para contratação de empresa especializada para execução das obras nesta primeira etapa dos bairros Nova Fronteira, Portal da Amazônia, Costa Verde, Princesa do Sol e Maringá I.

O superintendente da Caixa Econômica Federal, Moacyr do Espírito Santo, garantiu que os recursos existem na instituição financeira para atender a demanda dos municípios. “São recursos disponibilizados, que permitem a execução de obras que estruturam a cidade e asseguram a valorização da mesma. Estes recursos estão contratados com a Caixa, de modo que, agora, a prefeitura pode dar seguimento a essa importante obra de asfalto novo. Já temos parte dos recursos liberados. Agora, este financiamento só foi possível porque Várzea Grande tem as contas em ordem, além de capacidade financeira para contrair o empréstimo e passou pelos rigorosos critérios da Caixa”, afirmou.

O senador Jayme Campos (DEM/MT) explicou que teve uma reunião com o vice-presidente da Caixa Econômica Federal, João Carlos Silva, em Brasília, para articular a liberação dos recursos de R$ 80 milhões para a pavimentação asfáltica e drenagem de vias públicas de Várzea Grande.

“Os recursos são provenientes da linha de crédito Finisa (Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento) do Governo Federal, com prazo de pagamento de 120 meses, ou seja, 10 anos. Várzea Grande tem condições financeiras de pagar o financiamento porque trabalha com ajustes e gasta o necessário. Os recursos arrecadados com impostos são reinvestidos em obras e benfeitorias. Com certeza a cidade precisa de mais, mas vamos dando os passos certos, para que cada centavo investido se transforme em uma obra entregue dentro dos prazos estabelecidos. Aqui em Várzea Grande as obras tem começo, meio e fim”, afirmou.

Ele informou ainda que Várzea Grande busca novos empréstimos em outras instituições financeiras como o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e até mesmo ampliar os volumes já emprestados na própria Caixa Econômica Federal e no Banco do Brasil. (com Assessoria Secom/VG)

 

Foto: MAURICIO BARBANT / ALMT

Deixe uma resposta