Home Economia Para Meirelles, 2016 marcou a retomada da confiança

Para Meirelles, 2016 marcou a retomada da confiança

0
0

Em mensagem anexada em relatório do Tesouro Nacional, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, fez um balanço do ano que passou.

Para o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, 2016 deve ser lembrado como o ano da “volta da perspectiva de crescimento” da economia. Em mensagem anexada ao Relatório Anual da Dívida Pública, divulgado nesta quarta-feira (25), ele lembrou que o segundo semestre do ano passado foi marcado pela recuperação dos indicadores de confiança, pela redução do risco Brasil e pela valorização do real frente ao dólar.

“A celeridade e a abrangência do ajuste fiscal estrutural, ora em curso, foram decisivos para essa mudança de perspectiva e possibilitarão ganhos futuros adicionais”, argumentou o ministro, que relatou as reformas propostas pelo governo e medidas tomadas para reorganizar as contas públicas e a economia.

Meirelles explicou que, pela primeira vez, foi aprovada mudança na Constituição Federal para limitar o crescimento real do gasto público. Essa mudança, observou o ministro, preserva os orçamentos com educação e saúde.

“Uma mudança estrutural importante se considerarmos que, desde o início da década de 1990, a despesa primária do governo central como proporção do PIB cresceu de forma contínua”, argumentou.

Reformas econômicas

Somado ao teto dos gastos, a proposta de Reforma da Previdência, já em tramitação no Congresso Nacional, vai adequar os futuros benefícios à realidade demográfica do País. Essa medida ainda garantirá a “sustentabilidade presente e futura da Previdência Social”.

“O compromisso do governo vem conduzindo as expectativas de inflação ao centro da meta”, observou Meirelles. “Os reflexos da política monetária em curso já são evidentes na desaceleração da inflação”, concluiu. Ele lembrou que o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) terminou 2016 em 6,29% depois de alcançar os 10,7% em 2015.

“Reforçamos, por fim, a necessidade de continuarmos avançando nas reformas que viabilizarão o equilíbrio fiscal, a sustentabilidade da dívida pública e a recuperação de nossa economia”, afirmou.

Confira o documento que traz a mensagem do ministro

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério da Fazenda

LEAVE YOUR COMMENT

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *