Home Esportes Jacaré explica luta com Boetsch e diz que Bisping ‘choca cinturão’

Jacaré explica luta com Boetsch e diz que Bisping ‘choca cinturão’

0
0

Brasileiro enfrentará 11º do ranking para não ficar parado

UFC 208

Diante dos planos frustrados de fazer revanche contra Luke Rockhold, que se machucou às vésperas do combate entre ambos, em novembro, Ronaldo Jacaré aceitou lutar com Tim Boetsch para não ficar na inatividade.

“Eu vi como oportunidade de fazer uma luta, de não ficar parado. Percebo que todas as pessoas que ficaram muito tempo inativas não se deram bem quando voltaram. Gosto de ficar em atividade, de estar sempre lutando. Tinha luta contra o Rockhold marcada em novembro, mas parece que ele se machucou. O UFC me ofereceu o Boetsch agora, e eu aceitei, achei legal. O Luke está machucado, o Chris (Weidman) não está em tempo de voltar, o (Robert) Whittaker está lesionado… Essa é a luta que tem. O Bisping está correndo, é um frouxo, quer chocar o cinturão. O (Yoel) Romero não quer me enfrentar de jeito nenhum. Tive que aceitar para não ficar sem luta. O cinturão vai acontecer quando tiver que acontecer. A intenção é pegar todo mudo, enfileirar a divisão toda… Quero bater em todos, até o UFC me dar a oportunidade que mereço”, disse ao Combate.

“O Boetsch não é luta fácil para ninguém, estou muito ligado nas habilidades dele. É um cara muito forte, com bom wrestling, mãos pesadas. Tenho que entrar ligado. Se eu piscar, poderei dar uma piscada longa, daquelas de acordar depois de muito tempo. Vou montar uma boa estratégia para anular todas as armas dele. O objetivo é sempre levar para o chão e finalizar, mas posso acabar com a luta antes da hora”, prosseguiu.

Jacaré é o terceiro no ranking os médios e Boetsch, o 11º – eles se enfrentam dia 11 de fevereiro no UFC 208. 

Fonte: POR NOTÍCIAS AO MINUTO

LEAVE YOUR COMMENT

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *