Home Educação Nesta quarta-feira 70% das escolas da rede estadual funcionaram normalmente

Nesta quarta-feira 70% das escolas da rede estadual funcionaram normalmente

0
0

Das 763 unidades escolares da rede, 541, ou seja, 70%, funcionaram normalmente. Nas demais as aulas serão repostas

por Viviane Saggin | Seduc-MT

A paralisação dos profissionais da rede estadual de educação, que ocorreu nesta quarta-feira (07.06), registrou baixa adesão. De acordo com a superintendência de Gestão Educacional, da Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc), 30% das escolas aderiram ao movimento.

Das 763 unidades escolares da rede, 541, ou seja, 70%, funcionaram normalmente. Nas demais, as aulas serão repostas.

Siga o Portal LeNews no Facebook

Na terça-feira, a Seduc fez um apelo especial à categoria para que não interrompesse as aulas e mobilizou os setores administrativo e jurídico para dar apoio às escolas que decidissem abrir suas portas aos alunos.

A intenção era evitar que os estudantes da rede estadual de ensino fossem prejudicados com a perda do dia letivo, já que o Governo tem mantido o diálogo com os servidores e cumpriu todos os acordos assumidos com os profissionais da Educação de Mato Grosso.

Na atual gestão, já foram garantidos reposições e aumentos salariais inéditos, que somarão 44,39% no mês de setembro (quando o governo quitará a última parcela da RGA de 2016); foi garantido o pagamento integral, ainda que parcelado, da RGA de 2017; foi suspensa a realização de Parcerias Público-Privadas para a gestão de escolas; e autorizada a realização de concurso público para a contratação de 5,7 mil profissionais – cujo edital está em trâmites finais de elaboração e deve ser lançado em breve.

A Seduc vem fazendo os maiores investimentos da história da educação de Mato Grosso, através do Pró-Escolas.

Reposição

A partir do levantamento em relação às escolas que paralisaram as atividades, a Seduc irá tomar as providências para que elas façam a reposição das aulas, de modo a não prejudicar os estudantes.

Deixe uma resposta