Home Saúde Descubra os 9 maiores erros cometidos na amamentação

Descubra os 9 maiores erros cometidos na amamentação

0
0

Existem algumas atitudes que podem tornar a amamentação muito difícil

Amamentar não é nada fácil. A dor nos mamilos, o leite empedrado, o peito pesado e a disponibilidade total ao bebê durante a livre demanda transformam o aleitamento em um processo difícil pelo qual as mulheres passam logo nas primeiras horas do nascimento do bebê. Em alguns casos, a mãe não pode alimentar o bebê com seu leite, mas na maioria dos casos é perfeitamente possível.

Existem algumas atitudes que podem tornar a amamentação ainda mais difícil. Por isso listamos aqui 9 erros, compilados pelo blog Vila Mamífera, que são cometidos por lactantes – mas que podem ser corrigidos. Confira:

1. Não pedir ajuda

Não espere ter sérias dificuldades para pedir ajuda e conselhos, por mais que o ato de amamentar seja tão natural e aparentemente simples. Peça ajuda de amigas, pague uma consultoria, veja vídeos no YouTube, pergunte da pediatra e até mesmo das mulheres da família. Elas poderão lhe mostrar como corrigir a pega, estimular a produção e ter a certeza de que o bebê está se alimentando corretamente.

2. Acreditar que você não tem leite suficiente

A mulher produz o alimento perfeito para o seu bebê, com a composição específica que ele precisa. Um corpo capaz de gerar um bebê também é perfeitamente capaz de alimentá-lo. O grande segredo da amamentação é a livre demanda: dar sempre que o bebê quiser por quanto tempo ele quiser.

3. Amamentar conforme o relógio

O bebê é quem diz quando está satisfeito, por isso não apresse as coisas. Amamentar com hora marcada interfere no ganho de peso do bebê e diminui sua produção de leite, já que o corpo produz de acordo com a demanda do neném.

4. Usar bico artificial

Todo e qualquer bico artificial só vai dificultar o bebê aprender a mamar, pois não existe nenhum bico que se assemelhe ao peito.

5. Ter medo de amamentar em público

Seu bebê está apenas se alimentando, por isso não tenha vergonha nenhuma de amamentar em público.

6. Se deixar influenciar por ‘bullying’

Não ouça os palpiteiros de plantão nem os comentários negativos. Confie no que você achar melhor para você e seu neném.

7. Achar que não pode amamentar porque trabalha fora

Para continuar amamentando quando volta ao trabalho, é preciso se programar, mas é perfeitamente possível continuar dando leite para seu pequeno. Aprenda a fazer a ordenha e armazenar o leite.

8. ‘Incluir’ o pai

Existem muitas outras atividades ligadas à amamentação que o pai pode fazer, como colocar o bebê para arrotar, dar banho, trocar fraldas, ninar, cuidar da casa, etc, etc, etc, para que você possa se dedicar a amamentar o bebê. A única atividade que é exclusivamente sua é a amamentação, todas as outras podem ser feitas pelo pai. A mamadeira é uma armadilha que os pais não devem cair.

9. Esquecer que é benéfico para você, também

Amamentar faz o seu bebê crescer saudável, melhora o sistema imunoógico da lactante e até a faz emagrecer mais rápido. Você ainda ganha proteção extra contra câncer de mama, ovário, tumor cervical e também contra osteoporose.

Fonte: POR NOTÍCIAS AO MINUTO

LEAVE YOUR COMMENT

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *