Home Saúde Pele pode ficar ressecada no verão; aprenda a evitar

Pele pode ficar ressecada no verão; aprenda a evitar

0
0

Confira quais são as substâncias que podem ser usadas para evitar o problema, além de dar dicas do que fazer para manter a pele hidratada

Devido à exposição solar e às temperaturas mais quentes, no verão é comum que a pele fique desidratada, ressecada e sem vida, principalmente porque com o suor perdemos nutrientes importantes. “Para fortalecer a barreira de proteção da pele e evitar inflamações, irritações e também envelhecimento precoce, alguns cuidados básicos devem ser tomados e a principal dica contra o ressecamento é o consumo adequado de água, que ajuda a manter a pele hidratada, além de ser fundamental para a saúde, como um todo”, afirma o dermatologista Dr. Jardis Volpe, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia.

“É essencial consumir alimentos ricos em vitamina A (brócolis, batata doce etc.), vitamina C (laranja, morango etc.), Vitamina E (couve, amêndoas etc.), complexo B (carne vermelha, derivados do leite, etc.) e proteínas (feijão, ovos etc.).”

De acordo com o especialista, alguns nutracêuticos como FC Oral (caviar em cápsulas) e Bio-Arct são interessantes para evitar o ressecamento, pois promovem hidratação da pele de dentro para fora. “Além disso, o uso de cosméticos específicos para o corpo e rosto ajudam no processo de reequilíbrio da pele. No geral, os hidratantes faciais têm textura menos pegajosa, enquanto os corporais são enriquecidos com óleos”, explica. Alguns ativos que são extremamente eficientes na hidratação, segundo o médico, são: ácido hialurônico, Pró-Vitamina B5 e GPS Trealose (aumenta as defesas naturais da pele).

O Dr. Jardis Volpe ainda recomenda evitar períodos muito longos de exposição solar (principalmente entre as 10 horas da manhã e às quatro horas da tarde). “Para se expor ao sol, devemos usar muito protetor solar com FPS 30 (no mínimo), os antioxidantes potencializam a ação de proteção solar e ingredientes como Vitamina C, carnicina, OTZ 10 e Vitamina E devem ser usados antes do filtro para evitar danos contra os raios UVB e UVA”.

Mas para aqueles que aproveitaram a praia ou um banho de piscina, o dermatologista indica hidratantes pós-sol, principalmente aqueles com ativos anti-inflamatórios, calmantes e hidratantes, que vão evitar ou diminuir a vermelhidão e o dano celular. “Esses produtos possuem ativos essenciais para reestabelecer as defesas naturais da pele, também com um sistema antioxidante avançado”.

Há tratamentos “power” no consultório, então a visita ao dermatologista pode ajudar muito. “As máscaras de Vitamina C e ácido hialurônico e também a aplicação de skinboosters (hidratantes injetáveis à base de ácido hialurônico que reidrata e revitaliza) são realizadas por especialistas em consultório, em três sessões, uma a cada mês. Os resultados são eficientes para revitalizar e hidratar a pele”, finaliza.

Fonte:POR NOTÍCIAS AO MINUTO

Deixe uma resposta