Home Saúde Secretaria de Saúde caminha para conquistar aporte financeiro para UPA Pascoal Ramos

Secretaria de Saúde caminha para conquistar aporte financeiro para UPA Pascoal Ramos

0
0
por OZIANE RODRIGUES/Prefeitura de Cuiabá

Representantes da Secretaria Municipal de Saúde se reuniram na última segunda-feira (26) com equipes da direção da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) – Dr. Roland Trechaud Curvo – Região do Pascoal Ramos, e ainda com representantes do governo do Estado para discutirem a aprovação e liberação de um aporte financeiro estadual para custeio mensal da UPA, conforme prevê a portaria nº 342, de 04 de março de 2013.

Segundo a diretora Técnica de Atenção Secundária, Dúbia Beatriz Oliveira Campos, atualmente a unidade que atende cerca de 500 pessoas diariamente, incluindo pacientes da Baixada Cuiabana, zona rural e ainda vítimas de acidentes de trânsito na BR–364, gerando um custo ao município de cerca de R$ 1,3 milhão para se manter em funcionamento. Dessa forma, busca a habilitação para receber cerca de R$ 325 mil mensais -, incluindo 30% provenientes da Amazônia Legal, uma vez que a UPA está no território de cobertura do incentivo.

Siga o Portal LeNews no Facebook

“Estamos cumprindo todas as etapas para conseguirmos os aportes que precisamos e assim manter em funcionamento essa unidade tão essencial para a população. Esta é a etapa que podemos chamar de checklist, onde os técnicos responsáveis avaliam se a unidade esta em conformidade”, frisou.

Conforme a servidora lotada no PTNSS – SUS do Estado, Claudia Abreu, o passo seguinte constitui na elaboração de um parecer técnico que será submetido à Comissão de Intergestores Regional – CIR e posteriormente à Comissão de Intergestores Bipartite – CIB -, que é uma instância colegiada de decisão do Sistema Único de Saúde – SUS estadual. “Só após estas etapas é que a unidade passará a receber o aporte. Todavia, ele será retroativo ao mês de habilitação ocorrido em maio deste ano”, ressaltou.

Para o coordenador Douglas Domingues, quem ganhará com o aporte é a comunidade cuiabana. “Ao conquistarmos esse recurso por parte do Estado, contribuiremos com a desoneração do cofre municipal. Logo, esse valor poderá ser direcionado para outros fins de modo a beneficiar ainda mais o cidadão”, finalizou.

Deixe uma resposta