Home Segurança Policiais que capturaram fugitivo a nado recebem homenagem do Comando Geral

Policiais que capturaram fugitivo a nado recebem homenagem do Comando Geral

0
0
por Assessoria | Polícia Militar

Três policiais da 12ª Companhia da PM de Barra do Bugres (7º Comando Regional) receberam nesta quarta-feira (07.06) uma homenagem como ‘Destaque Policial’ por terem capturado um fugitivo a nado no Rio Paraguai.

A homenagem, concretizada em um diploma, foi entregue pelo coronel Heverton Mourett, comandante geral adjunto da Polícia Militar. No ato também estavam presentes o tenente-coronel Wesney de Castro Sodré, comandante do 7ºCR(Comando Regional) , com sede em Tangará da Serra, e o major Pedro Miguel de Sousa, comandante da 12ª Cia.

Siga o Portal LeNews no Facebook

Os policiais em destaque são o cabo Jhon Weine Gomes dos Santos e os soldados Antônio Evandro Lima Vieira e Wanderley Ramos de Oliveira Andrade e Silva, este último pulou no rio para prender o criminoso.

Segundo o soldado Oliveira, a decisão de se jogar no rio surgiu diante da recusa do fugitivo de se entregar, o que estava dificultando a ação policial. Mesmo de farda e coturno e coturno, Oliveira nadou até alcançar Laercio de Oliveira, 42 anos, condenado a 10 anos de prissão. Essa, conforme o soldado, é a ocorrência mais inusitada que atendeu em seis anos de carreira policial.

Oliveira é natural de Mato Grosso do Sul, mas mora há décadas em Mato Grosso, onde ingressou na PM por meio de concurso. A formação para atividade policial ele fez no polo de ensino de Tangará da Serra. Já trabalhou no município de Denise e agora está lotado na 12º Cia de Barra do Bugres. Para ele, receber esta homenagem é uma forma de reconhecimento e incentivo, além de grande orgulho para sua família.

Para o major Pedro Miguel da Sousa, comandante da 12º Cia, a ação dos policiais militares é de grande importância para a instituição, pois passa para a população a sensação de que a Polícia Militar, independente dos desafios, está fazendo o seu trabalho da melhor forma possível.

Ao lado da esposa Eliane Guedes, o Sd Oliveira recebe homenagem entregue pelo Cel Mourett

O CASO

A ação aconteceu na última sexta-feira (02.06), quando policiais da 12ª Companhia da PM de Barra do Bugres prenderam dentro do Rio Paraguai o suspeito Laércio de Oliveira, 42, condenado a 10 anos de reclusão. A guarnição da PM fazia rondas pela cidade quando flagrou o suspeito em atitude duvidosa.

Quando os policiais se aproximaram e tentaram abordá-lo, ele saiu correndo e se jogou no rio. A nado, fugia na direção da margem oposta ao ponto onde a guarnição policial estava parada.

Laércio está condenado a 10 anos e 10 dias de reclusão pela 2ª Vara da Comarca de Cáceres, Mato Grosso. Sete anos e 10 dias são por assalto (artigo 157) e três anos por furto qualificado (artigo 155). Pela comarca de Barra do Garças o homem possui um mandado de prisão em aberto em seu desfavor.

Deixe uma resposta