Home Segurança Público visita exposição da PJC durante 36º Fipe

Público visita exposição da PJC durante 36º Fipe

0
0

A trajetória da Polícia Judiciária Civil em Mato Grosso, e os equipamentos utilizados pelos policiais, atraiu o público que visitou o 36º Festival Internacional de Pesca Esportiva (Fipe), nesta sexta-feira (09.06), em Cáceres.

A exposição trouxe aos visitantes  painéis fotográficos contando o nascimento da instituição no Estado, dos projetos sociais “De Cara Limpa Contra as Drogas”, “De Bem Com a Vida” e “Arte e Cultura em Ação”, unidades e trabalhos desenvolvidos, como casos investigados pela Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), treinamentos e atividades da Gerência de Operações Especiais (GOE);  capacitação e turmas formadas pela Academia de Polícia.

Siga o Portal LeNews no Facebook

“A exposição está fortalecendo ainda mais o evento”, disse o produtor do festival, Pedro Corrêa. No estande é possível ver ainda os uniformes, armamentos e o carro blindado utilizado para ações de alta complexidade, como casos de assalto a banco, rebeliões em presídios, diligências em áreas perigosas e operações.

Outro item que animou o espaço foram os displays interativos, onde o público tirou fotos, simulando um policial civil. O investigador da Delegacia Especializada de Fronteira (Defron), Aleksandro Marcos de Aguilar, disse se sentir orgulhoso em ver a trajetória da instituição que trabalha há nove anos. “É uma exposição inovadora, que aproxima a  população ainda mais da Polícia Judiciária Civil”, disse.

Entre os visitantes estava o morador, Juliano de Jesus Santana e seu filho, Danilo de Souza Santana, que conheceram de perto os armamentos de pequeno e grande porte utilizados nas ações policiais.

No fuzil de precisão calibre 308, uma das armas expostas, Danilo aproveitou para sentir na pele como os atiradores de elite utilizam a arma.“Meu filho só tira notas boas na escola e com certeza será um futuro policial”, disse o pai Juliano.

Outro  que matou a curiosidade sobre os equipamentos foi o cacerense Jaciel Passos, que levou a família para conhecer os materiais e tirar fotos no display. “Vimos que o trabalho dos policiais não é tão fácil como parece. Se não tiver preparo, não se consegue atingir o objetivo”, disse Jacil.

Está é a segunda vez que a exposição é apresentada em uma cidade do interior. A primeira foi em Sorriso. A exposição foi criada em comemoração aos 175 anos da Polícia Judiciária Civil, celebrado no dia 21 de Abril. A população de Cuiabá e Várzea Grande também já conferiu a exposição.

“Procuramos fazer um acervo fotográfico e trazer, com isso, a história da polícia e sua evolução nestes anos, permitindo o melhor atendimento à sociedade e na resolução de crimes”, disse o diretor de Execução Estratégica, delegado Mário Dermeval.

O carro blindado e as armas, segundo o delegado, foram os objetos que mais chamaram a atenção do público nas cidades por onde a exposição já passou. O município de Sinop será a próxima parada da exposição. “Buscamos aproximar a instituição ainda mais a sociedade”, disse Dermeval.

Deixe uma resposta