Home Segurança Vitória (ES) começa a voltar a normalidade, diz Jungmann

Vitória (ES) começa a voltar a normalidade, diz Jungmann

0
0

Apoio do governo federal ao governo do Espírito Santo começa a conter a onda de violência na região. Ministros acompanham situação.

Integrantes do governo federal se reuniram, neste sábado (11), com a cúpula da Segurança Pública no Espírito Santo e anunciaram que nas próximas horas será preparado um plano para dar uma solução definitiva para o problema no Estado. O ministro da Defesa, Raul Jungmann, afirmou que com o apoio dado até o momento, a região começa a voltar a normalidade.

“Quero recordar que estive aqui (em Vitória-ES) na segunda-feira (06) e essa era uma cidade fantasma”, relatou o ministro durante entrevista à imprensa ocorrida após uma primeira reunião. “Hoje, vimos uma cidade que recupera sua normalidade. As pessoas estavam nas praias, nas ruas, as pessoas estavam circulando”, argumentou.

Siga o Portal LeNews no Facebook

Ele observou que as medidas de segurança adotadas permitiram a retomada parcial do sistema de transporte público, com linhas de ônibus já em operação. O comércio de Vitória, a capital do Estado, também voltou a funcionar. Segundo Jungmann, os saques foram interrompidos e os homicídios caíram expressivamente.

“A grande Vitória caminha para o retorno da sua normalidade. Para isso estão sendo empregados 3.130 homens, mais de 180 veículos, três helicópteros e sete blindados”, explicou. “Aqui em Vitória temos um policiamento superior aos dias normais”, ponderou.

Missão do governo federal no ES

O ministrou afirmou ainda que a determinação do presidente da República, Michel Temer, é atuar da maneira que for necessária para levar a região a normalidade. “Não vamos vacilar. Para nós, missão dada é missão é cumprida e nós vamos cumpri-la até o fim”, disse.

Jungmann classificou as reivindicações dos policias e de suas famílias como justas, mas lembrou que esses homens e mulheres recebem salários pagos com dinheiro público, oriundo do trabalho e dos impostos dos cidadãos que ficaram desprotegidos.

Reivindicações da PM no Espírito Santo

“As reivindicação são justas, mas o limite delas é a vida e a proteção da sociedade”, argumentou. “Não se pode aceitar nenhuma reivindicação que coloque em risco a sociedade. Aqueles que são bons policiais, eles devem honrar o seu juramento, que é o de proteger a sociedade”, defendeu.

Além de Jungmann, estão no Espírito Santo os ministros do Gabinete de Segurança Institucional (General de Exército Sergio Westphalen Etchegoyen), o interino da Justiça (José Levi do Amaral) e da Secretaria de Governo, Antonio Imbassahy.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério da Defesa

 

 

LEAVE YOUR COMMENT

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *