Home Segurança Voltar Operação leva 157 suspeitos à prisão e recupera 8 carros roubados

Voltar Operação leva 157 suspeitos à prisão e recupera 8 carros roubados

0
0
por Débora Siqueira | Sesp-MT

Cento e cinquenta pessoas foram presas na Operação Bairro Seguro, desencadeada nos 141 municípios de Mato Grosso nesta quinta-feira (25.05). Do total de prisões, 77 foram em flagrante delito. Ao todo, foram cumpridos 98 mandados de prisão, internação cautelar e prisão temporária e outros 75 mandados de busca e apreensão foram autorizados pela Justiça para cumprimento. Na ação, o Corpo de Bombeiros também vistoriou 14 estabelecimentos.

Cerca de 1.420 servidores do efetivo da Segurança Pública abordaram 2.757 pessoas e 1.320 veículos. Foram recuperados oito veículos fruto de roubo ou furto, 17 armas de fogo ilegais foram tiradas de circulação e 5,428 quilos de drogas foram apreendidos.

Siga o Portal LeNews no Facebook

Estes são os resultados do primeiro balanço parcial da ação que além de envolver as Polícias Civil, Militar, Detran, Politec e Corpo de Bombeiros, ainda contou com a participação, em algumas cidades do Estado, do Ciopaer, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e o Exército Brasileiro.

O balanço final da operação deve ser divulgado na manhã de sexta-feira (26), às 10h, após a conclusão da ação pelas regionais. Apenas em Rondonópolis, a ação deve continuar no fim de semana.

Na cidade, a operação teve início às 09h na praça Brasil e contou com a participação do Exército e da PRF para uma ação de saturação em cerca de 180 bairros da cidade. A cidade foi dividida em quatro regiões: Grande Aurora, Grande Operária, Cidade Salmem e Central.

O tenente-coronel Tarcilo de Arruda Proença, comandante do 18º GAC (Grupo de Artilharia e Campanha), colocou equipes do Exército desde a noite de quarta-feira (24.05) nas saídas da cidade, em barreiras. “Fizemos pontos de bloqueio tanto na BR quanto na cidade, estamos acompanhando as revistas”, explicou.

Em uma dessas barreiras conjuntas, uma equipe do Grupo Armado de Resposta Rápida (Garra) da Polícia Civil parou um veículo próximo ao posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que seguia sentido Jaciara, com 300 maços de cigarros contrabandeados.

O motorista Antônio Carlos Alves Cardoso e o passageiro João Batista Souza Oliveira foram presos. “Os cigarros estavam nos bancos traseiros e no porta-malas do automóvel”, informou o líder do Garra, Fábio Moussalem.

Além das barreiras, sete mandados de busca e apreensão foram cumpridos no bairro Alfredo de Castro por tráfico de drogas. Equipes da PM e da PJC foram ao local e fizeram revistas além do cumprimento dos mandados.

“A gente precisa disso mesmo, de ações assim. Eles (policiais) tem vindo aqui e isso é ótimo. Não podemos deixar bandidos à vontade. A gente agradece mesmo esse trabalho”, comentou a proprietária de uma drogaria do bairro, Marileide Scharnescki Constantino.

O presidente do Conselho de Segurança Pública da Vila Operária, Jairo Vicente, comemorou a ação integrada. ‘É um trabalho positivo e a gente vê o trabalho dos policiais e dos órgãos da segurança pública e isso vai afugentar os maus elementos das ruas. A gente fica satisfeito! Em breve teremos um batalhão da Polícia Militar na Vila Operária, que uma cobrança antiga da nossa população”.

O secretário de Segurança Pública, Rogers Jarbas, que esteve em Rondonópolis para o ‘start’ da operação disse a integração e a interação entre os atores da segurança pública tem trazido reduções significativas nos índices criminais do primeiro quadrimestre deste ano, se comparado ao mesmo período de 2016.

“Os resultados são fruto do investimento do Governo do Estado e do comprometimento dos profissionais. Ontem teve furto de repercussão no município de uma empresa de tecnologia e as pessoas envolvidas foram presas e parte do que foi subtraído recuperado. O sistema de segurança de Rondonópolis tem sido eficiente e agradeço a cada profissional e apoio das demais instituições que estão conosco na operação, porque juntos somos mais fortes e eficientes”.

LEAVE YOUR COMMENT

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *